Eu, mentor? – uma experiência no HubJus

18 de outubro de 2018

Depois de participar em 2017 da primeira edição do HubGov, nesse ano de 2018 tive a grata
surpresa de ser convidado pela Gabriela Tamura para contribuir como Mentor no programa de
inovação para a Justiça Federal de Santa Catarina denominado HubJus.
Primeiramente cabe aqui falar do que seria a função de “Mentor” nesse programa de inovação. Traçando um paralelo com a figura do Man-At-Arms do desenho He-Man, chamado no Brasil de Mentor, vejo nesse personagem grande semelhança com essa função no HubGov e também no HubJus.
O Mentor no desenho que passava na minha infância era o responsável pela criação das armas
tecnológicas que o He-Man usava. Mas ele não somente criava as armas para o herói, mas o acompanhava em suas aventuras e desafios. Além disso, ele tinha outra característica marcante na animação. Somente ele, juntamente com Zoar e Gorpo, sabiam que He-Man e o príncipe Adam eram a mesma pessoa. Esse conhecimento intrínseco de Mentor a respeito do herói é o que mais assemelha o personagem da ficção com essa função no HubJus.

via GIPHY

A experiência no HubJus foi muito marcante em minha vida profissional e pessoal. Além de ter
a possibilidade de percorrer novamente os caminhos da metodologia de Design Thinking
(imersão, ideação e prototipação) em uma nova função, a experiência me conduziu a conhecer
pessoas que querem mudar a Justiça Federal em Santa Catarina de uma forma criativa e ousada.
E quando penso em criatividade e ousadia lembro de minha filha que tem 6 anos. Esses dias
ela estava com um cartão de papelão na mão brincando de fazer compras. Em instantes o
cartão virou um smartphone onde ela mandava mensagens via whatsapp. E em seguida, na
mesma brincadeira, ela veio me atender em sua lanchonete, me tratando com cordialidade e
atenção.
Interessante que a cada dia que nos tornamos mais “adultos”, mais maduros, perdemos a
criatividade e imaginação que são retomadas por iniciativas com o HubJus. Onde criam-se
ambientes propícios para resolução de problemas por caminhos novos, e por consequência,
com resultados novos.
A experiência de ser “Mentor” nesse HubJus foi um exercício de colaboração. Buscando trazer
uma visão externa para um problema interno. Uma realização pessoal e um grande
crescimento profissional em busca de um serviço público inovador e melhor.